Viejo Corne - O Medo - Clickletras.com.br


Letra O Medo


O outono, se foi.
E pro inverno, nada ficou.
E tem tanta cerração.
Não ficou nada, no teu coração.
Emesmo assim, eu me lembro.
De você, eu não esqueço.
Eu queria, pelo menos te ver mais de perto.
Eu queria, pelo menos saber um pouco mais de você.

E o que sinto, não acababa com o meu de desejo.
Eu sou assim.
Sinto saudade tambem...
Eu sou assim.

E não me fala, deste medo, de não te ver.
Nunca mais.