SubZona - violência - Clickletras.com.br


Letra violência

Quantos mortos
Quantas vidas
Quantos corpos
Que queimaram

Quantos tiros
Balas doces
Um suspiro
Dias de morte

Não quero morrer por minha culpa
Não quero viver nessa violência.

Uma criança que cresceu
E milhares que não vivem
Uma criança que viveu
Foi iludida e morreu

Tantas mentes, mentes brilhantes.
Suicidas, terroristas.
Tantas mentes, mentes brilhantes.
Senadores, presidentes.

Não quero morrer, por sua culpa.
E não reagir por penitencia.