Start Rap - Pretinha - Clickletras.com.br


Letra Pretinha


Pretinha, para de intriga e vem
São só boatos, deixa que tá tudo bem
Elas dizem que eu não presto, né
Mas eu to pronto e disposto pra te fazer mulher

Adoraria saber (saber) o que se passa
Eu to pagando pra ver (pra ver) se é só uma farsa
Me apeguei sem querer, cê sabe, a carne é fraca
Seu jeitin de dizer "ai, amor, me abraça"

Assim ninguém aguenta
Na sequência o clima esquenta
Eu chocolate e você pimenta
Eu te dou mão carinhosa mas cê quer a violenta, né?

De forma lenta cê começa a me ganhar
Quando a gente se arrebenta cê consegue contornar
Sei que cê é ciumenta mas posso me adaptar
Sei que o capeta atenta mas eu vou me segurar
Prometo que vou te dar uma vida feliz
Lua cheia iluminada, cheiro de flor-de-lis
Num dá vontade de largar, gosto de quero bis
Uma deusa desse jeito, é tudo que eu quis

Pretinha, para de intriga e vem
São só boatos, deixa que tá tudo bem
Elas dizem que eu não presto, né
Mas, eu to pronto e disposto pra te fazer mulher

Não nego que os olhares se cruzaram, eu vi o seu sorriso
Enquanto as outras passavam, eu me mantive omisso
Cê fazendo linha dura, tentando me impressionar
E eu cheio de vergonha sem saber o que falar
Mas, mas o bagulho ficou sério, entrei num caso sério
Gostei do seu mistério, preciso falar
Que eu to querendo um pouco mais que um beijo no rosto
E nas despedidas de mau gosto ver você se afastar

Isso atrapalha, mas preta, são só boatos
Larga essa incerteza e vamos voltar aos fatos
Deixa que eu te pego pelos braços
E boto na parede de volta nossos retratos
Que aí, ninguém me atrapalha
Só eu e você de rolézin na praia
Olhei nos seus olhos, te peguei no cerol
Agora eu vou falar pra você qual vai ser antes de ver o sol

Pretinha, para de intriga e vem
São só boatos, deixa que tá tudo bem
Elas dizem que eu não presto, né
Mas eu to pronto e disposto pra te fazer mulher

A noite trouxe a mais romântica
E não tinha pior hora pra tocar baixinho na nossa humilde radiola
Logo hoje, dia chuvoso, com vazio a minha volta
Sem jura de amor, meia palavra conduziu a minha aposta
Que daqui pra sempre ia dar certo sim, viver até velhinho
Pra viver, enfim chegamos ao fim nega
Gosto demais quando você, por mim, bonita assim
Shortinho, blusão, perfume, faceira!

Batom, calçadão, caminhar na areia, caçar tatuí
Banho de cachoeira
Gostar dos bem-te-vi da serra da cantareira
Só vida, só lance, só brisa, sem pudor (sem pudor)
Mas falta ao redor, nega, o seu calor (seu calor)
E agora sobrou cada um no seu canto, e olhe lá
Por que se envolveu? Sabia que não ia aguentar

Pretinha, para de intriga e vem
São só boatos, deixa que tá tudo bem
Elas dizem que eu não presto, né
Mas eu to pronto e disposto pra te fazer mulher