Rita Benneditto - Mambo da Dor - Clickletras.com.br


Letra Mambo da Dor

Ai

Como dizia meu pai

A dor é mãe

E como dói

Alma ensanguentada em hanói

Farinha que a amargura mói

Pena que envenena e destrói

Ai

Como dizia meu pai

A dor é mãe

E como dói

Choro que o coração remói

Bala no coração do caubói

Traça que tudo ameaça e rói

Tremor febre frio

Suor arrepio

Corte tapa tiro

Só dói se respiro

O mal que magoa

O fel que amarga

Ai dor não me doa

Vê se me larga