Rita Benneditto - Jamais Estive Tão Segura de Mim Mesma - Clickletras.com.br

Letra Jamais Estive Tão Segura de Mim Mesma

Jamais estive tão segura de mim mesma

Quando escolhi ele prá ser meu grande amor

Não é possível que o meu coração me engane

o que ele sente é positivamente amor

Isso é inveja, fruto vindo do infortúnio

De infelizes que o amor não conheceu

Se Deus quisesse que este homem me deixasse

Não teria me indicado como um presente seu

Uma paixão pode ser vista pelos olhos

Daquele alguém que traz um brilho interior

O nosso amor se corresponde mutuamente

Nós somos surdos para o falso delator

A nossa vida é tão completa de harmonia

Que não dá margens para o nosso amor morrer

Se eu desse ouvido a essa maldade alheia

Minha vida em vez de cheia

Era vazia e sem você.