Pedro Miranda - Coluna Social - Clickletras.com.br


Letra Coluna Social


O Cinismo casou com Dona Hipocrisia
Teve uma grande festança no apartamento da Demagogia (2x)

Lá na cozinha estava o Cinismo comendo escondido
Foram perguntar pra ele:
"Cadê o salgadinho?" que tinha sumido.
Ele disse: "Não lembro, não sei, não conheço, não vi nada não".
E foi todo sorridente dançar com Madame de Simulação

O Cinismo casou com Dona Hipocrisia
Teve uma grande festança no apartamento da Demagogia (2x)

A Hipocrisia que sempre dizia que era uma santa
Tomou sete caipirinhas, caiu na cozinha e quase não levanta.
Foi embora mais cedo morrendo de medo da Reputação
E saiu de braços dados com a Incoerência e a Contradição

O Cinismo casou...

A dona Inveja amiga da Raiva e mulher do Despeito
Ofendeu dona Elegância esposa pacata do nobre Respeito
Foi ai que a purgância chamou o casal com ciência e bom senso
Que saíram porta fora porque o ambiente já estava bem tenso

O Cinismo casou com Dona Hipocrisia
Teve uma grande festança no apartamento da Demagogia (2x)