Paradoxo - Fora de Órbita - Clickletras.com.br


Letra Fora de Órbita


Trupiquei no pé do pai
Fui parar no pé da mãe
Esqueci de me lembrar
Que era hora de parar

Eu não sei o que fazer
De cabeça pra baixo sem te ver
E o que pode acontecer é eu ir pro chão
O que eu estou fazendo deitado aqui

Trupiquei no pé do pai
Fui parar no pé da mãe
Esqueci de me lembrar
Que era hora de parar

Fui parar de cara no poste
Mas é mesmo muita falta de sorte
O poste tinha tanto lugar pra ficar, mas tinha que estar
Bem onde eu fui passar

Quero ficar em paz
Não quero mais lembrar
Do que ficou pra trás
E o que não volta mais

Quero ficar em paz
Não quero mais lembrar
Fora de órbita eu vou ficar.

Ué vai acabar assim ?
Não !
Legal.