Parabrisas do Fracasso - Saudade de Um Fio de Cabelo - Clickletras.com.br

Letra Saudade de Um Fio de Cabelo

Quando eu nasci careca o destino estava claro
Procurei por várias curas,
Era azar heritário
Já tentei várias saídas,
Uma cura
Milagrosa
Já tentei um pai de santo, fiz tarô, eu fiz yoga
A minha história assim começa
Sempre sendo o mais sacaneado e se
Você nasceu assim
Eu lhe dedico este xaxado

Construi dez mandamentos,
Nove não dizem nada
Se for dos carecas que elas
Gostam mais
Pra mim é conversa fiada
No trabalho eu sofro muito
Pela falta de cabelo
E se fosse importante não nascia em forma de pentelho
A minha história assim começa
Sempre sendo o mais sacaneado
E se você nasceu assim eu lhe dedico este som pesado
Felizmente chega ao fim
Esta história sofrida
De um homem solitário
E de uma testa que brilha
Dá vontade de realizar um
Sonho que eu nunca tive
De pentear por horas e horas
E comprar um palmolive
A minha história.....
E se você nasceu assim eu lhe dedico este viado
A minha história assim começa
Sempre sofrendo e levando trote
E se você nasceu assim eu lhe dedico este pagode.