Parabrisas do Fracasso - Porteiro - Clickletras.com.br

Letra Porteiro

Abre a porta sou eu
Vai dizer que se esqueceu
Tá dormindo no interfone
Você vive trocando nome
O 101 vira 103
É enrolado toda vez
É na carta é no jornal
É na conta do imposto predial

Tô com as compras na mão
Pare de ver televisão
Ele dorme o dia todo
A buchada é um consolo
Cabecinha iluminada
Que não guarda quase nada
Eu chego e o elevador não tá
Ainda me pede um vale pro jantar
(tá de olho na empregada do nono andar)

É gente boa
É gente fina
Troca toda hora
Mariana por marina

É gente boa
É um bom menino
No edifício onde eu moro
O porteiro é o severino