Os Travessos - Controle do Jogo - Clickletras.com.br


Letra Controle do Jogo


Sempre desconfiada quando tá mal humorada
Me acusa com discurso banal
Só quer ficar por cima e a sua autoestima
Tem o poder de me deixar mal

Claro
Fico chateado
Me tranco no quarto
Só pra não me ver chorar
Nego
Luto com meu ego
Me faço de cego
E quando penso em terminar

Você se arrepende
E sempre me convence
Mantendo o controle do jogo
Eu vivo perdoando
No fim nós dois choramos
O amor me deixa assim meio bobo