Os Mirins - Gaitaço, Canto de Um Povo - Clickletras.com.br


Letra Gaitaço, Canto de Um Povo

Gaitaço canto de um povo conservando as raízes
Sem usar falsos matizes de estranhos nativismos
A gaita veio da itália, de europa de além mar
Se entreverou nos cantaras do xucro regionalismo.

Gaitaço do rio grande é o resmungo da peonada
E o tinido da teclado da acordeona debochada

Gaitaço é o choro da gaita no bugio velho largado
Caborteiro bem marcado pra dançar no galpão
A gaita chora pachola na cadencia da vanera
Milonga, xote e rancheira machucando o coração.

Gaitaço e o ronco do fole de uma gaita resmungona
Oigalê gaita gaviona floreando na baixaria
Entreverada no toque bordoneia uma guitarra
A índia da cai na farra e dança até vir o dia.