O Surto - A Hempadura - Clickletras.com.br


Letra A Hempadura


Régis:
Fui lá feira comprar uma rapadura
E me mostraram uma inovadura que vem lá do Ceará
A Hempadura é de um material diferente
Ela é feita de hemp, duma planta que tem lá
O barraqueiro veio me oferecendo
E foi logo me dizendo as vantagens que ela dá
Cura cegueira, pra quem tem esquecimento
Pra quem sofre de loucura é remédio muito bom
Pra tal da gripe é um bom expectorante
Cura febre num instante, essa planta tem um dom
Além disso cura sinusite, apendicite
Já curou até artrite, pra asma melhor não há
Toda fatia de menino, véio enxuto
Véio inchado e barrigudo precisava dela provar
Ainda lhe vendo um pouquinho que me resta
E o fumo dessa moléstia, que endoida pra danar

Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar

Franklin:
Vamos chegando, vamos chegando, minha gente!
Óia a hempadura! Óia a hempadura!
Hempadura é 10 real! Mais traga a bacia
Porque aqui o preço tá na promoção
E tem muito mais! Moça bonita não paga
Mas se bobear leva! Eita!

Régis:
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar

Eu me lasquei numa carreira desgraçada
Que nem uma besta fera podia me acompanhar (Arriégua!)
Cheguei quebrando porta, trinco e fechadura
Sofrendo de uma loucura que só a fome me dá
Sentei na mesa, ao invés de tamborete
Tava doido pra cacete, tão puto, sem reação
Ao me abaixar pra pegar a hempadura
Deu um excesso de tontura, lasquei a boca no chão (Vixe!)
Quando acordei eu tava no hospital
Lascado, passando mal, recebendo extrema unção
Na minha boca só restaram quatro dentes
Três atrás e um na frente, sem nenhuma marcação
E avaliando essa história desgraçada
Ô hempadura danada! Me deixou na perdição
Se sou banguelo hoje, é por causa dela
Por causa da hempadura, meu apelido é Janelão

Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar
Eita daná! A hempadura de lascar