Nel Sentimentum - Daileon - Clickletras.com.br


Letra Daileon

Em meio aos conflitos
eu sigo pelos ritimos
discreto evolutivo
extender a paz de espírito

mau interpretados,
bem absorvidos.
Mulheres, família,
amigos.

Tudo pelos filhos
do macro até o micro
do pao até o circo
de tudo que é preciso pra tá vivo.

Curto no circuito
melhoramento ativo
da uva até o vinho
porque tudo é continuo.

Um par de toca discos
o microfone eu ligo
onde ninguém joga limpo
é aonde eu complico.

Fluxo frequencia
tem que ter paciencia
e sacar que nada
se aparenta a transparencia.


Na poesiafantástica
entre verbos em hit combos
misturando alguma obra literária
com alguns quadrinhos comicos

por meios poli-fônicos
denscendente nipônico
sônico
no teu caminho crônico.


não se sabe de tudo
mas tudo é estudo
do nerd aos vagabundo
do simples ao confuso

o lance é o que tem
dentro do conteudo
por isso que é com
conhecimento que eu luto.

Pega a pá pra cavar
e começa ir a fundo
ou se vai acreditar
em meia duzia de maluco

não pensa em só fumar
se não se vira um pedregulho.
tentar se controlar
pra poder levantar o teu mundo.

Pra não desmoronar
tudo aquilo que construo
a fundaçao é forte
e nunca vai virar entulho.

Em meio a tempestades
e furacoes não recuo
então deixa eu pegar um ar
Vai... que eu continuo.

O Rap é como carros
e cada dia mais turbo.
Na avenida dessa vida
muito cuidado com o muro

nunca se pode moscar
pra não enrroscar no tumulto
e se pisar de mais
é capaz de nem chegar junto.


Na poesiafantástica
entre verbos em hit combos
misturando alguma obra literária
com alguns quadrinhos comicos

por meios poli-fônicos
denscendente nipônico
sônico
no teu caminho crônico.


Se não fuma então não fala
e se não bebe toma água
e se quiser entrar no assunto
então é melhor mostrar que saca do que fala

porque a rua te observa
e nunca para
o vácilo que é o perigo
então se liga aee meu chapa.

E relaxa
mas ve se não fica só lá na praça
e se segue na estrada
se não a vida passa

o tempo é a escencia
e uma hora ela acaba
perceba o teu poder
porque Deus te deu asas.


Na poesiafantástica
entre verbos em hit combos
misturando alguma obra literária
com alguns quadrinhos comicos

por meios poli-fônicos
denscendente nipônico
sônico
no teu caminho crônico.