Natália Matos - Cio - Clickletras.com.br


Letra Cio

Cortina de contas
Prisma esparramando luz grená
Língua lambe o lábio
Maculável, macia, magma

Velas, cobertor
Incensário, flor, drummond, baguá
O roupão largado
Um estorvo pro corpo se mostrar
Vermelho

Espelho de mosaico
Ela afasta o cabelo pra se olhar
Arrepio acende
Unge, unta, uiva, única

Unha no tapete
Arranhando o carinho que não há
Corpo se aninhando
Contraindo pro cio transbordar
Vermelho