Nandah - Revanche da Piriguete - Clickletras.com.br


Letra Revanche da Piriguete

Hoje tem balada e eu vou sair
Encontrar minhas amigas pra gente curtir
Só depois que eu chego a balada começa
Chica bonita, invadindo sua festa
Chego com estilo, muita sedução
A noite é um convite pra azaração
Mas não pense que sou fácil, sou eu que tô a fim
Quero todos os gatinhos olhando pra mim

Refrão:
- Só porque sou muito sexy
Não venha me chamar de piriguete

Fala mal de mim mas tá me querendo
Só que seu papo não tá me convencendo
Tem que ter atitude e pegada forte
Pronto pra bancar? Então, tenta a sorte
Mas não demora muito, tem outros me olhando
Para de babar vai acabar se molhando
Toma um guardanapo, agora se limpe
Para de pagar pau e me paga um drink
Te faço viajar quando rebolo na batida
Black, funk e reggaeton, minhas preferidas
Te deixo louco se eu subo no balcão
Pode admirar mas não bote a mão

Tenho sustância, tenho substância
Tenho sub-sub-substância

Se quer pagar a conta não vou recusar
Pode me levar pra casa eu vou aceitar
Mas só te quero essa noite, não sou sua namorada
Amanhã é outro dia, tô noutra balada
Não vai mais me esquecer quando estiver sozinho
Sem mim seu mundinho fica tão vazio
Tô na pista pra causar e fazer barulho
Se isso é ser piriguete; sou com muito orgulho!

Poderosa! Gostosa! Dengosa! Perigosa!


Top 10 Nandah

  1. Revanche da Piriguete


Relacionados