Mussoumano - Cabra Macho (Part. Whindersson Nunes) - Clickletras.com.br

Letra Cabra Macho (Part. Whindersson Nunes)

(Whindersson)

Blusa de manga longa eu era garçom
Trabalhar pra ganhar uns trocado
Era um desespero para ganhar dinheiro
Pagar minhas contas tá tudo atrasado
Bem cheiroso de banho tomado
7 Horas da noite eu já tava no ponto
Carregando bandeja até de manhã
Pra ganhar 70 conto

E ainda era atrasado que eu recebia
Eu pagava minhas conta e o dinheiro não via
Eu tentava outro emprego mas não conseguia
Eu não sabia o que que fazia

Vi um vídeo do pc siqueira
Achei interessante e parti pro fight
O cara era vesgo e fazia sucesso
Era um olho na tela e o outro no like

Com 15 anos eu sai de casa
Tentar a vida lá na capital
Foi a primeira vez que fiquei sozinho
Sem mãe sem pai na noite do natal

Pra crescer tem que ter cunhão
Eu não uso flecha e nem uso canhão
Quem anda comigo sabe quem eu sou
E que foi bem difícil chegar a 3 milhão

Quantas vezes eu quis um pedaço de pão
Eu não tinha cama eu dormia no chão
Tudo isso pra hoje eu ser o inimigo
Número 1 da sua depressão

E pra quem vem de baixo
3 Milhões é pouco
Esse é o bonde do nordeste
Só cabra da peste
Vem com o bicho solto
Esse é o bonde do nordeste
Respeita o bicho solto

(Mussoumano)

Comecei sem money
No quarto gravando os meus rap
Sem ter microfone
Eu cheguei bem longe
Agora por onde eu passo eles gritam meu nome

Sem dar papo pros cuzão
Que tentam te botar pra baixo
Atrás do computador
Só tem zé ruela pagando de macho

Querem me derrubar
Só sabem falar
Não vou me preocupar
Eu tô muito ocupado
Eu acho que vocês tão meio obcecado
E pelo mussoumano devem tá apaixonado

Não tão ligado o que passei
Trampei
Foquei
Lutei
Ganhei
Fui derrotado
Também derrotei
Sem berço de ouro
Eu só trabalhei

Não me acho pica
Não me acho rei
Na humildade eu sempre cheguei
Não curte o meu trampo
É so tu não da play
Cala a boca arrombado
Eu faço minha lei

(Whindersson)

Eu tô na batalha
Ninguém me atrapalha
Meu verso não falha
Vai que nem navalha
Não é fogo de palha
Ele se espalha
Chega até os haters
Dá murro
Massacra
Humilha e estraçalha

Tô sempre lutando
Barreira quebrando
Porta arrebentando
Todo cu lacrando
Tudo perfurando
Sempre me encaixando
Sai do meio que eu to chegando
Eu passo é avoado
No meio dessa gentalha

Assistiu e riu
Foi besta quem não viu
Uma porta me fechou
E outra me abriu
E ele conseguiu
Depois que ele partiu
Surgiu
Fluiu
Subiu
E hoje continua na batalha

(Mussoumano)

Mussoumano trampando
Lutando
Chegando
Sem engano
Rimando
O plano é dano
Quebrando
Vamo que vamo

Bando de bosta falando
Se é merda vai pelo cano
Insano vou derrubando
Meu verso continuando
Os haters ficam chorando
Eu chego aniquilando
Eu rimo enquanto meus mano
Meu nome estiver chamando

Sem vaticano sem santo
Meu rap mano é profano
Quer falar
Vai pra lá
Sem ficar embaçando

Aqui é só cabra macho
Olha quem tá chegando
É o bonde do nordeste
E a gangue mussoumano
Aqui é só cabra macho
Olha quem tá chegando
É o bonde do nordeste
E a gangue mussoumano