Muros De Vento - Polução - Clickletras.com.br


Letra Polução

Vou fingir a dor
Que fugiu pela minha janela
Procurei em vão
Aquele rosto que à noite me traz
Eu acordei tão suado
Eu rezo a noite inteira
Passo o dia ligeiro: a procura de nada.

Eu vou te procurar
Vale a pena anotar
Você não pode fugir:
Você está dentro de mim!

E qualquer dia na calada da noite
Eu irei te encontrar
E qualquer dia meu bem
Você vai entender:

Que eu não sei mais viver sem você.