Muros De Vento - Anjo - Clickletras.com.br


Letra Anjo

Eu posso ser seu amor
Eu posso ser seu amigo
Eu posso ser a mentira que de noite te acalma
Eu posso ser a piada numa noite sem graça.

Eu posso ser o seu medo
Ou o pior dos teus vícios
Eu posso ser tua sede ou seu copo vazio
Eu posso ser teu motel numa noite de frio.

Três e meia, no meio da noite
Roupas sujas, esquinas tão baixas
Pois eu me torno vulgar só pra ficar com você

Com você ... Com você!

Eu posso ser tua luz ou a pessoa errada
Mas no fundo eu nem ligo
Eu sou apenas o anjo que atendeu tuas preces
Mas no fundo eu nem ligo ...
Mas no fundo eu nem ligo!