Menito Ramos - Nao Me Julgues (part. Rita Guerra) - Clickletras.com.br

Letra Nao Me Julgues (part. Rita Guerra)

Se morresse uma estrela
A cada vez que penso em ti
Viveria nessa escuridão
Que trouxeste até mim

E se chovesse a cada vez
Que dou por mim a chorar
Tu serias marinheiro
Nesse mar a naufragar

Hum...fui perdido e tu achada
Neste caso que é só nosso
Eu não exigi nem quis
Pois só quero quando posso

Eu senti...
Tu sentis-te...
Mas,alguém tinha que decidir
Se fugias a cada vez
Que eu te pedia para assumir

Só te peço para que
Não me julgues
Tal como eu nunca te julguei a ti
E eu só peço para que
Tu não sofras
Nem um pouco do que eu já sofri por ti

Só te peço para que não prometas
Que é possível viver tudo outra vez
Pois promessas vão embora com o vento
E eu fui de vez

Eu dizia que era sim
Respondias com um: Não
Já dizia o ditado
Não há bela sem senão

Obriguei-me a aprender
Pois cair mais uma vez
Já não era solução
Cai duas, recusei cair as três

(2X) eu senti...
Tu sentis-te...
Mas,alguém tinha que decidir
Se eu fugia a cada vez
Que me pedias para assumir...

Só te peço para que
Não me julgues
Tal como eu nunca te julguei a ti
E eu só peço para que
Tu não sofras
Nem um pouco do que eu já sofri por ti

Só te peço para que não prometas
Que é possível viver tudo outra vez
Pois promessas vão embora com o vento
E eu fui de vez