Meliantes - Beats e Rimas - Clickletras.com.br


Letra Beats e Rimas

Quer me tirar de lock
Cortei o dread
Continuo roots rasta
Que não se importa com o ibope
Seu discurso pra mim
Parece trote
Esquivo do seu bote
Dim dim não me move
Nem me comove

Preciso parar com o careta
Destruindo meu peito igual tiro de escopeta
Hospital sem leito, é o legalize do capeta
Contando nos dedos moedas na gaveta
Pra comprar um a varejo na banqueta

Bituca no chão destruindo o planeta
Produto causa morte e doenças, eita
No coração e no pulmão, peita
Pare de fumar, disque saúde
O cowboy morreu de câncer piada feita

Quem sabe um dia a gente se ajeita
Se não cai de três, faço de dois, cai de bandeja
Na vitória sorri na derrota esbraveja
Não se coloca 13 numa mesa
Judas caguetou Jesus com um beijo na bochecha

Se for para ajudar que não seja pra se gabar
Caridade anunciada é vaidade, ego, não acrescenta nada
Se promovendo do bem de quem não tem nada
Informação saturada, visão de mundo de uma sacada

Colonizador, colonizado
Luta polarizada
Preconceitos do passado
Andando livremente pela calçada

Do sul pro sudeste
Na mala só veste
Quero ir pro nordeste
Sou cabra da peste
Em sampa na peste
Em guarulhos os moleques diverte
Não tem pé de breque
Os pequenos na grama
Os grandes no hatch
Num calor que derrete
Num calor que derrete