Mc Orelha - É o Vital e a 600 - Clickletras.com.br


Letra É o Vital e a 600


Era domingo de baile, veio a visão pelo rádio
Os cana brotou do nada, várias Blazer e vários Palio
Vários Gol Bola na pista, fechando a Mário Viana
O bagulho ficou doido, pra mais de 200 cana
Traçante cortando o céu, e a guerra já estorou
O cana ficou fodido, foi o Cipó que estalou
O Branquinho na contenção, largou tudo de uma vez
O Queirós tava na pedra, na visão do Posto 6
Na Souza o bagulho é doido, ninguém corre no combate
O RD largou pentada em cima da Blazer da GAT
É o Vital e a 600, vagabundo não adianta
Nós bota pra voltar de ré os cu azul da Blazer branca
Troca, troca, mete bala, mete bala, troca, aplica
Cu azul pode tentar, que os menor não se intimida
Troca, troca, mete bala, se brotar, o couro come
Respeita o morro da Souza, que esse é o bonde do Tony
Troca, troca, mete bala, mete bala, troca, aplica
Cu azul pode tentar, que os menor não se intimida
Troca, troca, mete bala, se brotar, o couro come
RD, mano Cipó, esse é o bonde do Tony