MC Guimê - Sampa part. Rael e Emicida (Letra) - Clickletras.com.br


Letra Sampa part. Rael e Emicida (Letra)


Novos demônios pra uma velha garoa

Ahã

 

E os neurônios trabalhando de boa

Vim tipo índio na canoa mil grau

Marginal pelas marginal, sampa até o final

Sofremos ontem e hoje rimos atoa

Conquista o reino e presenteia a coroa

Saí cantando mais que quatro pneus

Fé em deus, e nos meus!

 

Na norte é forte escola de samba

Na leste uns fluxo monstrão

Na oeste osasco eu tô a pampa

Na sul um salve pros irmão 

Baixada santista eu encosto

Interior tô fechadão

Só colo mesmo com quem gosto

Pode pah jão!!!

 

Sampa... Essa eu fiz pra você

Dança... Com seu parceiro Guimê(2x)

 

Peraê! As linhas dela lembra a do copan

Sou fã, tô nela todo... Pan!

Helipa bem favela, sacomã

Cinderela ria enquanto noiz sumia

Dos rocan! Eu!

Penso alto tipo um drone, fiz meu nome

É o que difere os meninos dos homens

Sorry, bem love history memo

Se a pauta agora é poder, nós podemos

Dar um up ter o, helicóptero, pop ver o horizonte na norte

Bicos em choque, gero enfoque pelo

Lado preto da city, 

Fazer o que, maloqueiro é apetite,

Sem limite

 

Sampa... Essa eu fiz pra você

Dança... Com seu parceiro Guimê(2x)

 

Grandiosa é, nossa capital

Pode pah que eu sou

Dela original

De um monte de quebrada 

Na qual me identifico

Tem rap, samba, funk mil grau

Tem vários pico

Jardim iporanga eu sou natural

É lá que eu fico

Não sabe onde é baby

Vem que eu te explico

Na norte é forte escola de samba

Na leste uns fluxo monstrão

Na oeste osasco eu tô a pampa

Na sul um salve pros irmão 

Baixada santista eu encosto

Interior tô fechadão

Só colo mesmo com quem gosto

Pode pah jão!!!