Matielli Drunk - #VemPraRua - Clickletras.com.br


Letra #VemPraRua

Chega a ser onírico se não fosse real
A união do povo em busca de um ideal
Narizes de palhaço, narizes pintados
Coquetel molotov, vamos brindar aos palhaços
Os oprimidos viraram os opressores
Abrimos as feridas, agora sintam as dores
Oque antes era um sonho de todas as noites
Se tornou minha realidade de hoje

Eu vou pras ruas, me pintar, fazer cartazes
Espírito indomável em busca de catarse
Vou gritar por meus direitos, vocês vão ouvir
Agora o jogo virou e o gigante cansou de dormir
É um caos mental, agora um caos físico
A polícia que tanto agrediu, foram agredidos
Não que eu apoie isso
Pelo contrário, sou da paz, mas luto por um objetivo

Eu também não sou de apanhar calado
Agora vá ver, quantos tiros desferidos desse lado
Nenhum né!? Agora veja do deles
É a Geração Coca-Cola morrendo de sede
Enquanto eles tiverem armas e cacetetes não importa
A ideologia nunca vai ser morta
Porque não sou só carne e osso, na real
Eu sou um corpo movido por um ideal

To lutando pelos meus direitos
Vou reinvidicar contra o sistema
Então da licença e abre-se um pleito
Aturem meus sacrilégios e problemas
Vamos dar um basta a ditadura oculta
Furar esse barco e afogar os filhas das putas
Se não me atura, então se curva
Ou então prepare-se pra bater na próxima curva

O povo não deve temer seu governo
Mas o governo deve temer seu povo
Sem nós eles não estariam no poder
Então vamos votar direito pra isso não acontecer de novo
Primeiros socorros a direita
Vandalos a solta pixando e deprendando na esquerda
Da Candelária à Cinelândia tomada pelos sonhos
Várias gerações unidas e se impondo

V de Vingança, V de Vitória
V de Vencedores, V de Volta
Volta dos direitos que lutamos tanto pra ter
E que estão sendo esquecido com os corruptos no poder
V de Vingança, V de Vitória
V de Vencedores, V de Volta
Volta dos direitos que lutamos tanto pra ter
E que estão sendo esquecido com os corruptos no poder

Spray de pimentas não me cegam
A ferida não arde mais que a covardia
Então #Vemprarua, hoje é um novo dia
O amanhã será eternizado com a nossa euforia
Vários atos, tipo peça de teatro
Um passo dado de cada vez, um aprendizado
Vamos brindar a vitória, sem cavalo de tróia
Causando medo no governo, viramos sua paranóia