Matielli Drunk - Uma Noite Com White Horse - Clickletras.com.br

Letra Uma Noite Com White Horse


Obsessão infalível de viver ilusão
Eu quero gatas incríveis domando meu coração
Sem esse blá blá blá de frustração
Hoje tá tudo muito bom, bebendo Moet-Chandon
Momentos inesquecíveis são utópicos
Outros tópicos, vivendo sonhos, construindo os próximos
A vida é uma dadiva, nem todo mundo aproveita
Amanhã é tarde, você tá na gaveta!

Eu faço amor, faço guerra, faço merda
Eu queimo meus neurônios, briga interna
Você nua é tão atraente
Usando esse Ray Ban, fica tão sexy, tão quente
Indo embora junto a lua
Chegando junto com o sol, gata, eu to na rua
Estigmas sociais, putas são tão adoráveis
Aparências enganam, jovens parecem tão puras

Sem escrúpulos, bêbado de White Horse
Sem medo de nada, desafio a morte
Eu quero grana, eu vou na sorte
Eu gasto grana, me acham esnobe

É tudo tão clássico pra dias tão novos
O mundo fica tão perfeito quando fecho os olhos
Imagino o incrível país das Maravilhas
Com a Alice me olhando só de calcinha
Elementar, sexy, vulgar
Falando malandrada, parecendo uma pornstar
Esperando tudo acontecer, a morte me chamar
A 100km/h na pista (eu vou chegar)

Uma explosão atrás da outra
Ataque nuclear em minha mente aparentemente louca
Sem rumo, defina
A música é maravilhosa, parece morfina
Injetada em meus ouvidos, alma rica
Sugando vida, poesia, meu olho brilha
Admitindo novas ideias, aprovando meu brilhantismo
Pras mais especiais mostro meu romantismo

Sem escrúpulos, bêbado de White Horse
Sem medo de nada, desafio a morte
Eu quero grana, eu vou na sorte
Eu gasto grana, me acham esnobe