Matielli Drunk - Bully - Clickletras.com.br


Letra Bully

Mais um dia caminhando direto pra forca
É uma luta que eu enfrento sem ter nenhuma força
São vários,vejo vários,assim como eu sofrendo calados
Opressores me mantem sem atitude pra fugir desse estado

Eles são como comissários da morte que vem pra me buscar
Mais de pouco a pouco,já não estou mais lá
São brincadeiras sem graças,tirando meu foco pros estudos
Em geral são atletas abusando de seus atributos

Eu cada vez mais agredido,varrido,subtendido e disacreditado
Coordenadores e diretores achavam uma fantasia que eu havia criado
Mas,quantas vezes fui espancado,preparei meu cano engatilhado
E antes de mirar pra vocês,mirei pra mim,perguntei : "será que to preparado ?"

Me privaram dos meus talentos,até procurei um refujio
Mais o perigo anda lado a lado,eu não sei pra onde fujo
Um velho sabio me disse que um homem enfrenta seus problemas
Mais não dá,são maiores que eu,esse é o meu dilema

Não posso contar aos meus pais oque sofro
Cada vez que passo pelos corredores,eu quase morro
Cada dia mais sombrio,cada manhã mais quente
A solidez que eu sinto é de que ninguém me compriende

Me trancam nos armarios,me jogam nas lixeiras
Me agridem,me sujam,bullyng na real é uma bobeira
Cada noite que eu passo em claro,agressoes me tornam depressivo
Isso é um perigo pra todos,estou correndo risco

Olhe ao seu redor,pessoas já não acham mais graça
O valentão da área está prestes a conhecer a disgraça
Na minha mochila,de material já não carrego nada
Só uma pistola cromada carregada e com munição roubada

4 palavras pra você, "Bang-Bang,você morreu!"
O valentão se perdeu
Os seus amigos então,me passaram olhar de assustados
Desesperados,era cáos no corredor da escola ensanguentado

Eu simplismente ri,me centei perto ao corpo
E ri,não um riso de felicidade como o de qual quer garoto
E sim um riso de quem se afundou e não acreditou na saída
Enfim,não acreditou em si e foi mais uma causa perdida