Martinho da Vila - Planetário - Clickletras.com.br


Letra Planetário


Vem cá amor
Vem depressa olhar
Uma onda grande
Que vem lá do mar
E lá no céu
Uma lua nua
Ilumina o campo
Ilumina a rua
E você que é minha energia
Meu cantar de galo
Minha poesia
Meu entardecer
Minha estrela matutina
Pra você eu juro
Pela luz divina
Mesmo o que eu não vejo
Sonho te ofertar
As belezas além do céu
As riquezas do fundo do mar
As batidas do meu coração
O meu som, minha luz, meu cenário
E aquele mundão de estrelas
Que eu vejo lá do planetário