Martinho da Vila - Mineiro-Pau - Clickletras.com.br


Letra Mineiro-Pau

Ó mineiro-pau, ó mineiro-pau
O mineiro-pau vem batendo
O mineiro-pau

Que nem mulher traiçoeira
Olha o pau mineiro
Se achegou bem devagar
Olha o pau mineiro
Se armou pra dar o bote
Olha o pau mineiro
De repente ma atacar
Olha o pau mineiro

Ó mineiro-pau, ó mineiro-pau...

Olha a rodilha dela
Olha o ao pau mineiro
Debaixo do pé de Ingá
Olha o pau mineiro

Ó mineiro-pau, ó mineiro-pau
O mineiro-pau vem batendo seu porrete
O mineiro-pau

Meu cacete é de braúna
Olha o pau mineiro
Guardado lá no quintal
Olha o pau mineiro
Pra pegar o meu porrete
Olha o pau mineiro
Atravessei o matagal
Olha o pau mineiro

No meio do matagal
Foi que a gente se enroscou
E depois foi lá no fórum
Que a gente se amarrou
Eu não tava preparado
Pro bote que ela armou
Carregou tudo que eu tinha
Quando a gente separou