Maísa - Ciúmes - Clickletras.com.br


Letra Ciúmes


Eu quero levar
Uma vida moderninha
Deixar o meu menininho
Sair sozinho
Não ser machista
E não bancar a possessiva
Ser mais seguro
E não ser tão impulsiva...

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme...

Meu bem me deixa
Sempre muito à vontade
Ela me diz que é muito bom
Ter liberdade
E que não há mal nenhum
Em ter outra amizade
E que brigar por isso
É muita crueldade...

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme

Ciúme, ciúme, eu me mordo de ciúme
Ciúme, ciúme, eu me mordo de ciúme

Eu quero levar
Uma vida moderninha
Deixar o meu menininho
Sair sozinho
Não ser machista
E não bancar a possessiva
Ser mais seguro
E não ser tão impulsiva...

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme...
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme...

Ciúme, ciúme, eu me mordo de ciúme
Ciúme, ciúme, eu me mordo de ciúme
Ciúme