K2o3 - Ovelha Negra - Clickletras.com.br


Letra Ovelha Negra

Refrão:
Dizem que és uma ovelha
Que sempre foste uma ovelha negra
Porque és diferente és uma ovelha negra
Ovelha negra! (2x)

Aos catorze anos deixaste de estudar
O teu pai não perdeu tempo
E meteu-te a trabalhar
Fumaste a tua ganza
Eras um chavalo
Nunca deste em merdas
Nem coca nem no cavalo

Os vizinhos nunca foram com a tua cara
A roupa que vestias era da feira da ladra
Brincos, tatuagens e casacos com correntes
Borbulhas na cara, aparelho nos dentes

Refrão (2x)

Odeias a escola
E não fizeste a catequese
O teu irmão estudou
Até já fez uma tese

Detestas comédia e preferes o terror
Passas os dias em frente ao computador
Se és mulher e nunca brincaste com bonecas
Se preferes uma gaja pra dar umas boas quecas
Bebes o suminho em vez de cervejola
Gostas de teatro muito mais do que de bola

Refrão (2x)

Ovelha Negra! (4x)