Ju Bragança - Começo, Meio e Fim - Clickletras.com.br


Letra Começo, Meio e Fim


Nesses dias escuros em quem me abrigo?
Nesse abismo profundo em que me escondo
Quem chega?

Nas asas da alva quem me ampara?
Senão tua mão que sempre me alcança?
Senão os teus olhos que a tudo enxergam?
Senão os teus olhos que a tudo enxergam?
Senão os teus olhos

Trevas e luz
São apenas o foco de teu olhar
Sem distinção, sem desafio
Todos meus dias são claros pra ti
Toda palavra te é conhecida
Começo, meio e fim

Nesses tempos difíceis em quem me escoro?
Nas lutas da vida que sempre me assombram
Quem fica?

Nos caminhos dos mares quem me veleja?
Senão teu cuidado que sempre me cura?
Senão tua força que a tudo sustenta?
Senão tua força que a tudo sustenta?
Senão tua força

Trevas e luz
São apenas o foco de teu olhar
Sem distinção, sem desafio
Todos meus dias são claros pra ti
Toda palavra te é conhecida
Começo, meio e fim