Ivan Reis - Um Pouco de Ar - Clickletras.com.br


Letra Um Pouco de Ar

Com calada palavra
Veio pedindo chão
Flores se abrindo no sertão
De que primeira lavra
Ela tirou o perdão
Pra quem só vendeu ilusão
Embaralhando sangue nos retalhos da primavera
Veja como as coisas são
Quando chora ela é bela
Sem cartaz, sem cordão
Ela é fevereiro em meu coração
E eu já posso rir de tanto temer em paz
Veja só o que ela faz
Alma ferida virando o céu com a mão
Veja o que ela vê
Quem não quer ser pra não doer, não se dá
Pode até morrer sem se matar
Tudo sempre está por fazer
Só precisa de um pouco de ar
E amar

Com falado silêncio
Veio exalando paixão
Vidas se abrindo sem ração
De que último incêndio ela tirou a lição
Pra quem só plantou ambição
Desfigurando mangue nos dobrados da primavera
Veja as coisas como são
Quando chora ela é bela
Quando não, ela é fera
Quem a viu nasceu nascer
Só lhe quis pra janela
E quem a viu crescer
Sabe a força dela
Como eu pude merecer
Na minha blusa seu perfume zela
Pode até doer de ser e se dar
Mil sentidos dizendo o lugar
Tudo que está por fazer
Só precisa de um pouco
E amar