Insurreição! - Sistemocídio - Clickletras.com.br


Letra Sistemocídio

Nem sei se você sabe,
Mas um dia eu acordei no teu jardim
O mundo que desabe
Pois sei já encontrei dentro de ti

O sonho que eu dera por perdido
O sonho sedado e esquecido,
Mas perene e infinito
Eu quero amanhecer tamanho
Pra nunca mais me ver tristonho
Na boca de um vulcão medonho
Vou queimar

Com vil serenidade
Até hoje encenei não ter pavor
Dos modos da cidade
Cansei, me saturei! Vou contrapor

A estrada e atropelar as cavalgadas
Que em frente vão desembestadas
Ignorando as gargalhadas
Não tivemos as mãos atadas
Tão pouco as bocas costuradas
Com lanças de pedra lascada transpassar!
E transformar!