Insurreição! - Presença e Constatação - Clickletras.com.br


Letra Presença e Constatação

Dá mão pro onibus lotado não queimar parada
Pra que tua presença seja sentida
Pra obstruir o curso, atrapalhar o horário
Desviar o itinerário

Dá mão e acena pro amigo que tá de partida
Ampara o camarada que cai na subida
Encobre aquela mancha que te dá vergonha
Algo que a sobreponha

Dá mão e vem dançar sem precisão
Dinamitar a solidão
Dinamizar o viver

Vem ver: garoa agora corta que nem canivete
E fica tão dificil caminhar adiante
Pelas vielas empoçadas de vaidade
Nubladas de maldade

Vem ver pra depois aplaudir de pé
Vem ver e acredite se quiser

Vem ver o flagelo da repressão
O fim de toda frustração
Pulverizar o poder