Insurreição! - Demissão - Clickletras.com.br


Letra Demissão

Demissão

Ao relento
Peito aberto ao temporal
Pra sentir o vento
Fustigar meu couro de animal

Viver em bravata
Esculhambar com o que é normal
Afrouxar o nó da gravata
E avisar em tom oficial...

"Prezados senhores, queiram me desculpar
Mas eu vou sair desse claustro
Me evadir sem sequer deixar rastro
Prezados senhores,vocês não vão acreditar
Mas para além do escritório
Se pode existir sem critério"

Postura indevida
Não aceitar a condição
Sem mais adiar a partida
Declarar a demissão

Liberdade aguerrida
Leveza no coração
Sou filho da contrapartida
Sou insubordinação

"Prezados senhores, queiram me desculpar
Mas eu vou sair desse claustro
Me evadir sem sequer deixar rastro
Prezados senhores,vocês não vão acreditar
Mas para além do escritório
Se pode existir sem critério"