Indomma - Autocrítica - Clickletras.com.br


Letra Autocrítica

Torne-me o mártir de suas ilusões
Peão arremessado à sorte no tabuleiro
Pedrita de ouro desperdiçada, ao chão
Preso aqui dentro ansiando o Sol e o verão

Iluda minha mente, apague minhas crenças
Contamine minha essência com as suas ambições
Atire-me no nosso rio caudaloso e de tormentas
Marque à fogo minha pele, um servo de suas intenções

The sword of your desires
Without a life.. without a life..

Carrego nas costas as suas falsidades
Lhe redimo de seus erros, tomo-os febril e calado
Entrego em plumas douradas minhas boas ações
Retiro minha dignidade, dôo febril e calado

Sigo em disparada pela rua de obstáculos
Derrubando cada barreira às suas realizações
Sou ponta de flecha da sua ascensão
Derrotando no caminho cada interrupção

The sword of your desires
Without a life.. without a life..

Plena entrega é esse viver
Sem saber o que é sonho, o que é honra de ser
Atendendo e seguindo as suas vontades
Qual será de nós dois o mais indigno e covarde?


Top 10 Indomma

  1. Autocrítica
  2. Obs
  3. Hora De Mudar


Relacionados