Ilê Aiyê - Rum Alufás - Clickletras.com.br


Letra Rum Alufás


Boi, olha o boi, bumba-meu-boi
Ilê Aiyê vem depois
Faz os tambores replicar (Refrão)

Ó meu São Luiz do Maranhão troca de emoção
Faz a Bahia repensar
Trago nossas rezas nossas crenças embaladas na lembrança
Nos ouvidos a zambubar
Tocando orquestra de tam tam e rum pi lé
Abrindo a festa pra africana Agontinmê

(Refrão)

Pois desde o berço da historia quando vimos de Angola
São Benedito abençoar
Festa do Divino do Encantado das tabocas e roçados
Pato pelado e roncadoras
Tambor de Minacom cabaças e agogôs
Com o pererenga, as mutucas e as crioulas

(Refrão)

Ouçu da Ramunha, o daró, o bravum, e o sato, alujá, ijexá
Hoje o curuzu samba de roda, samba regae de viola
Trás a tona o tocador
Dedo a dedo são escolhidos os alabês
Como diz o povo para doze falta três.