Ilê Aiyê - Crença e Fé e Ei, moça (part. Beto Jamaica) - Clickletras.com.br

Letra Crença e Fé e Ei, moça (part. Beto Jamaica)


Vou dar a volta no mundo eu vou
Vou ver o mundo girar
Mas eu só saio daqui quando o coral negro passar

Essa visão do mundo permanece ainda não modificou
O que não se comenta
O que a razão alenta o que não se cantou
Ilê Aiyê começa onde termina o ponto de eclosão total
Onde não se divide
E nem se descrimina é mais um carnaval

Vou dar a volta no mundo eu vou
Vou ver o mundo girar
Mas eu só saio daqui quando o coral negro passar

E diga yes, diga yes
Sou negrão
E diga yes, diga yes
Sou negrão
E diga yes, diga yes
Sou negrão sim sim sim sim sim sim

Quem for negro bate na mão
Quem for negro de um gritão

Pegue seu caminho
Segue o Alujá
Bota no terreiro a coisa vai rolar
Hoje vai ter festa no seu ganzuá
E se eu não gostar eu não vou mais voltar
No Ilê Aiyê as coisas se modificam
E o povo grita

Ei, moça! segure a bolsa não fique de toca
Beijo na boca é uma coisa louca
E vem pra cá
Vem namorar
Sábado de carnaval
Não pode parar
E vem pra cá
Vem pra namorar
Sábado de carnaval

Sentindo a força que vem desse reggae
Ao mesmo tempo ele faz o mistério
E é ai que tudo se modifica e a galera grita

Ei, moça segure a bolsa não fique de toca
Beijo na boca é uma coisa louca
E vem pra cá
Vem namorar
Sábado de carnaval
Não pode parar
E vem pra cá
Vem namorar
Sábado de carnaval
Não pode parar

É no sorriso negro
É no sorriso negra
É no sorriso negro
É no sorriso negra