Gepetto - Adeus, Boa Sorte - Clickletras.com.br


Letra Adeus, Boa Sorte

Quem parece falso agora?
Não vá dizer que sou eu, que sou eu...

Junto a vontade vem a promessa
Mas quando é tarde não há compaixão
O que começa inicia sem fim
Mas quando acaba termina assim

Quem parece falso agora?
Não vá dizer que sou eu, que sou eu...
Nunca é tarde pra se amar
Mas veja agora quem fala sem pensar...

Cedo ou tarde você vai entender
Coisa nenhuma vai prestar pra você
Desejo a sorte porque de mal o pior
É ter no caminho alguém como eu junto a você

Quem parece falso agora?
Não vá dizer que sou eu, que sou eu...
Nunca é tarde pra se amar
Mas vaja agora quem fala sem pensar...
Quem parece falso agora?
Não vá dizer que sou eu, que sou eu...


Top 10 Gepetto

  1. Adeus, Boa Sorte
  2. Tentação


Relacionados