Frida Kahlo - Engarrafamento - Clickletras.com.br


Letra Engarrafamento

Toca o telefone
É um convite pro cinema
Sai desesperada
Não pode perder a cena

No local de encontro
Ela, aflita, conta as horas
E ainda em casa
O carinha se demora

Começou o filme
E a coitadinha a esperar
Já desiludida
Acha que ele não vai chegar

Mas tão de repente
Se escuta uma buzina
E a voz bem grave
No ouvido da menina a dizer

-Baby!
Eu estou aqui
Cheguei um pouco atrasado
Mas te trouxe esse buquê de flores pra remir

É, eu sei
Que vacilei
Mas a culpa foi do engarrafamento estúpido
Que eu peguei

Ela inconformada
Pega as flores, vai embora
Ele em desespero
Chora, grita e implora

Baby!
Não me deixe aqui
Sei que eu estou errado
Mas, eu juro,
Isso não vai mais se repetir

Não me dê as costas não
Não me deixe aqui
Não me deixe
Não.