Festival de Parintins - Grito de Guerra - Clickletras.com.br

Letra Grito de Guerra

É o som que balança esta terra
E os tambores da marujada de guerra
É o rio, é o peixe, é o índio, a relva
É o caboclo brincando na selva

E o caboclo vai
Vai dançando no bailado, no gingado, no caquiado
Requebrando a cadeira da morena

Fazendo um salseiro, um panavoeiro
No meio da arena
E eu vou brincar de boi
No grito de guerra da minha galera

Vamos agitar a bandeira
Vamos levantar a poeira
Vamos balançar o boi
Brincar boi a noite inteira

Ô, ô, ô, ô
É o grito de guerra da minha galera
Ê, ê, ê, ê, ô