Camilo Melo - Mágica Andante - Clickletras.com.br


Letra Mágica Andante

Olhei à minha volta
E me escapava qualquer feição
Porque o muito pode ser tão pouco
Porque o louco pode ter razão

Olhei à minha volta
Em minha frente por encanto
Um cálice vazio quieto num canto
Transbordou quase em pranto

Fascinante
A mágica surgiu e mudou todo um antes
A música brotou sem nenhum som
E o meu ruim de repente ficou bom

Fascinante
Bastou você, mágica andante
E meus pés saíram do chão
E em meu peito bateu um coração

Olhei à minha volta
E lá estava eu e a multidão
Um coro estranho me dizia então
Que eu ficasse alí quietinho
Ou fosse embora de mansinho
Porque mágica nem sempre é ilusão