Bruno Mastrocolla - Atalhos - Clickletras.com.br


Letra Atalhos

Atalhos, ilusão e desacertos, solidão
Foi tudo que encontrei ao me perder
Lembranças de meu pai, a porta ao velho cais
Me fez pensar no que perdi pra me encontrar
Tantos passos pra nenhum lugar, tantos erros meus

Vergonha do que fiz, do meu destino infeliz
Dos dias que vivi pensando em mim
Teu nome eu desonrei, já nem mereço o que herdei
Um filho mau, eu desprezei amor real

Mas, eu tenho um pedido, se puder me ouvir
Só te peço, me aceita como um servo teu
O menor dos servos
Que meus dias todos sejam só teus e sem ter fim
Quero andar por caminhos seguros, com direção
Ao teu lado eu encontro paz
Se eu pudesse eu voltaria atrás
Para nunca mais fugir

Teu nome eu desonrei
Já nem mereço o que herdei
Um filho mau, eu desprezei amor real
Mas, eu tenho um pedido, se puder me ouvir
Só te peço, me aceita como um servo teu
O menor dos servos
Que meus dias todos sejam só teus e sem ter fim

Quero andar por caminhos seguros, com direção
Ao teu lado eu encontro paz
Se eu pudesse eu voltaria atrás
Para nunca mais fugir