Blitz - Volta Ao Mundo - Clickletras.com.br


Letra Volta Ao Mundo

Estive aqui pensando, uma maneira de acabar,
De acabar com essa paz,
Com essa paz insuportável

Que temos vivido
Aí eu fico mudo
Eu sei eu não me iludo
Mais um dia ainda me mudo
"Prum" país oriental
È um povo amarelinho, só come com dois pauzinhos
Tem os "óios" puxadinhos mas são valentes pra cachorro
Tái o Kung Fu e o mestre Fu Manchu
Arroz "cololido",camarões empanados
E salve o broto do bambu
Perguntei ao Kung Fu

Quem vence o Fla-Flu

Me mandou tomar no cu
E ainda disse invocado

Estou cansado de cinema
Vou morar em Ipanema
Pois tive uns contatos
Dos tais imediatos
Com uma nega de Bangu
Fiquei invocado com aquele gafanhoto

Careca meio escroto
E me mandei daquelas bandas
Das bandas do oriente azeite não é meu parente
Larguei o ping-pong
Vesti o meu sarongue
Um mês com King-Kong na África
Por terra, por mar, pelo ar
Eu e meu amigo Júlio
Eu disse Júlio Tal do Verne

Dando a volta ao mundo
78 dias, 79 dias no 80 quero estar...
Quero estar no Rio Voei!
Voei pro Havaí

Conheci uma havaiana

Que se chamava Ana
E digo a gata era uma onda

Parecia Jane Fonda
Tinha algo da Gioconda
Sorria enigmática
Sabia matemática
Noves fora nada absurdo

Por terra, por mar, pelo ar

Eu e meu amigo Júlio
Eu disse Júlio tal do Verne

Dando a volta ao mundo
78 dias, 79 dias no 80 quero estar...
Quero estar no Rio, cheguei