Blitz - Malandro Agulha - Clickletras.com.br


Letra Malandro Agulha


Ele fere ele fura
Tem jogo de cintura
O seu veneno é de cobra
E o seu normal é loucura
Sua máscara caiu
Disfarça e segura
Tudo bem, ninguém viu
Enrola e embrulha

Do jeito do jogo é malandro agulha
Tem bala e tem fogo na mão
De repente de novo com carta na manga
Bate a ferro no outro vagão

Malandro agulha
Como se sente? como se sente?
Malandro agulha
Nunca tá contente! nunca tá contente! (2x)

E não interessa se é do bem ou do mal
E se for preciso é romântico, imoral
O que interessa é se dar bem no final
E se for preciso mata a cobra e mostra o pau

Malandro agulha
Como se sente? como se sente?
Malandro agulha
Nunca tá contente! nunca tá contente! (2x)

Ele pede, ele jura
Ataca na fissura
Mete o pé na porta
Todo cheio de finura
Sua firma afundou
Como é mal o seu negócio
Alguém bem que te avisou
Tome cuidado com esse sócio

Do jeito do jogo
É malandro de rua
Pisa e te joga no chão
De repente de novo
Vende o curinga
E ginga pela contra-mão

Malandro agulha
Como se sente? como se sente?
Malandro agulha
Nunca tá contente! nunca tá contente! (2x)

Segura o malandroooo!
Hey!
É a lei do burici:
Cada um cuida de si!