Bizarra Locomotiva - Moscas - Clickletras.com.br


Letra Moscas

Sinto-me a bater no fundo
Na pele de um moribundo
Pensava-me a ganhar
Mas desfaleço a sangrar

Moscas
Que te sentem no vento
Moscas
Que pousam no excremento
Moscas
Que te sentem no vento
Moscas
Que pousam no excremento

O meu desgosto é profundo
Sinto-me a mais neste mundo
O meu cheiro é nojento
E no meu ventre o lamento

Moscas
Que te sentem no vento
Moscas
Que pousam no excremento
Moscas
Que te sentem no vento
Moscas
Que pousam no excremento