Bizarra Locomotiva - Candelabro do Amor - Clickletras.com.br

Letra Candelabro do Amor


A luz ofusca-me, sempre...
O candelabro que seguras na tua mão,
... Nenhuma vela acesa,
O queimar intenso, vem..., vem...

Se me ultrapassa
Eu quero entrar
Quero sentir o teu odor

Eu tenho o querer
Eu tenho a força
A velocidade para me estampar

Só eu posso sentir
Só eu posso gritar
Só eu posso servir-te, se queres jogar
Só tu podes ouvir-me gritar

Adivinho a noite em que me vou perder,
Cheiro-lhe as cores quentes em fundo negro
Sede em meu corpo,
É uma enorme boca que tu podes saciar.