Bizarra Locomotiva - Angústia - Clickletras.com.br


Letra Angústia

Encharcado em químicos
Respiro a lixeira que me rodeia
Sinto náusea do estômago à epiderme da alma
Sou esterco metafísico
Olho à volta
O quadrado insulta-me deixo-me cair
Bato com o esterno
A morte é violenta