Benito Di Paula - Que Brote Enfim O Rouxinol Que Existe Em Mim - Clickletras.com.br

Letra Que Brote Enfim O Rouxinol Que Existe Em Mim


Dentro do meu ventre o tempo é quente
E o amor é fértil
E Deus me deu o direito de semear
E Deus me deu o direito de semear

É linda a minha aurora que, sem hora e sem momento
Sem sofrimento, anuncia que vai brotar
Sem sofrimento, anuncia que vai brotar

E é o sol, que me faz luz, dourado e branco
Emoldurado de alegria, eu quero tanto germinar - e é o
sol!

E é o sol, que me faz luz, dourado e branco
Emoldurado de alegria, eu quero tanto germinar

Deixar a terra, e ver o mar
Subir a serra e poder cantar
E além do céu viajar
E além do céu viajar

E com a vida ser o tempo, ser criança
Ser esperança, ser a trança, ser a dança
Ser o canto de um lindo rouxinol
Adorado e desejado pelo sol - e com a vida!

E com a vida ser o tempo, ser criança
Ser esperança, ser a trança, ser a dança
Ser o canto de um lindo rouxinol
Adorado e desejado pelo sol