Benito Di Paula - Prelúdio Nº 4 - Clickletras.com.br


Letra Prelúdio Nº 4


Você chegou tão mansa
Como a madrugada
E eu calei parado
Diante dos seus olhos
Mais lindos que as estrelas
Procurei palavras, versos
E meu mundo para lhe entregar

Você notou que eu
Dei jeito de pegar
Nas suas mãos pequenas,
Lindas, delicadas,
Mas fiquei sem jeito
Dentro do meu peito
Renasceu o amor que estava adormecido

E acordou mansinho
E foi despertando
Ao mesmo tempo em que
Você me olhava
Sorrindo qual criança
Com seu jeito manso
Dando a entender
Que me queria

E eu fiquei perdido
E hoje estou perdido
Perdido em seu olhar