Ary Barroso - Chama - Clickletras.com.br


Letra Chama


Chama-se João
Foi escravo tropeiro e peão
Teve um amor
A creoula Maria da Flor
Viu cinco filhos taludos
Morrerem na guerra de "Canudos"
Viu duas filhas donzelas
Entrar em leilão em Caravelas
Depois foi a febre que alastrou
Levou Maria da Flor
Só ele ficou
Chama-se João
Quando passa nem chama a atenção
Pele enrugada
Preto velho não vale mais nada
Vive no morro amargando a saudade
Da sua mocidade
Num barracão pequenino
Onde aguarda a palavra do destino
Às vezes em noite de lua
Pai João finge que canta pra não chorar

8684


Ficha técnica da faixa
Regência: Ary Barroso
Voz: Dircinha Batista

[ Samba canção - Odeon 13.031A - intérprete Dircinha Batista e Ary Barroso e seu Ritmo ]